Boa noite!           Sexta 27/11/2020   01:53
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Firjan SENAI Petrópolis terá Novos Cursos Técnicos em 2021: Automação Industrial e Informática
Firjan SENAI Petrópolis terá Novos Cursos Técnicos em 2021: Automação Industrial e Informática
Unidade também abrirá turmas para cursos de Eletrotécnica e Mecânica. Aulas on-line começam em 3 de fevereiro e o uso de laboratórios fica para o segundo semestre do ano que vem

05/11/2020 - 09:44 - Atenta as mudanças e preocupada em oferecer temas atuais que ampliem as oportunidades no mercado de trabalho para alunos de qualquer idade, a Firjan SENAI em Petrópolis vai oferecer quatro títulos de cursos técnicos em 2021, dois deles novos: Automação Industrial e Informática. Formações tradicionais e muito procuradas por profissionais, os cursos técnicos em Eletrotécnica e Mecânica também seguirão no portfólio. As aulas serão realizadas a distância e o uso de laboratórios e oficinas será feito no segundo semestre de 2021. As inscrições já estão abertas e terminam em 03/02, data de início das aulas on-line.

A capacitação na Firjan SENAI atua para uma formação ampla, objetivando aumentar as possibilidades de inserção no mundo do trabalho e preparando o profissional para assumir novos desafios impostos por um mundo em constante transformação. “Preparamos o aluno para ir além do saber fazer. Em nossos cursos, o aluno entende o que está fazendo e é capaz de agir de maneira técnica e tática na gestão dos processos do seu dia a dia profissional", ressalta o gerente de Educação Profissional da Firjan SENAI, Edson Melo.

São 40 vagas em cada turma e com carga horária que varia de 1.200 a 1.360 horas, o que representa até um ano e meio de estudos. Ao longo do ano letivo, as 20 horas semanais exigidas serão divididas em 10 horas para o autoestudo, quando o aluno se dedica ao estudo individual na plataforma; seis horas (três vezes por semana) para aulas on-line com instrutor e com a turma; e quatro horas (dois dias por semana) voltadas para tutoria, quando o instrutor tira dúvidas com cada aluno.

Aulas Presenciais

O uso de laboratórios e oficinas ficará para o segundo semestre de 2021, quando está previsto o início das aulas presenciais, e espera-se que a pandemia tenha sido vencida. “São momentos em que o aluno estará na unidade, usando os laboratórios e oficinas para praticar aquilo que aprendeu durante o estudo on-line. Ele vai vivenciar os conhecimentos e praticar em ambientes industriais bem próximos aos que ele encontrará no mercado de trabalho”, acrescenta Melo.

As matrículas dos cursos EaD serão realizadas on-line. O aluno acessa o site dos cursos técnicos, escolhe o título, a escola, se cadastra e faz a inscrição; depois anexa documentos e demais processos necessários para a matrícula de forma virtual. https://www.firjansenai.com.br/cursorio/portal/index.php. Os preços das mensalidades variam entre R$ 132 e R$ 161 para o curso de Automação Industrial; R$ 167 e R$ 206 para Eletrotécnica; R$ 104 e R$ 127 para a capacitação em Informática e; R$ 145 e R$ 178 para o curso técnico em Mecânica.

De Olho no Mercado

Com a aceleração da transformação digital nas empresas e negócios e, as mudanças nos hábitos e no consumo da população provocadas pela pandemia, a demanda por profissionais de Tecnologia da Informação (TI) se tornou ainda maior. Neste contexto, trabalhadores com habilidades e conhecimentos na área de Informática enxergam um universo de possibilidades, como o desenvolvimento de softwares e aplicativos, montagem e manutenção de computadores, instalação e configuração de servidores e serviços de redes.

Ao lado, a Indústria 4.0 também exige novos comportamentos e competências dos trabalhadores. A máxima de produzir mais e melhor fez com que a Automação Industrial assumisse há anos um papel de destaque na busca por competitividade. “Como as indústrias de diversos setores vêm se adaptando a um modelo de produção tecnológico para atender as exigências do mercado, o trabalhador com esta formação ganhou importância significativa”, explica o coordenador de Educação Profissional da Firjan SENAI Petrópolis, Danilo Lemos Fagundes.

A transversalidade também é diferencial nos trabalhos exercidos pelos técnicos em Mecânica e Eletrotécnica. Apesar de soarem como carreiras tradicionais, as funções são consolidadas dentro das empresas e, mesmo com o passar dos anos, seguem fundamentais para o funcionamento de máquinas e equipamentos. “Existe a necessidade de manutenção preventiva e corretiva em qualquer máquina ou equipamento utilizado nos processos produtivos de qualquer indústria. Estes técnicos podem atuar em indústrias da iniciativa privada, no setor público ou como profissional liberal prestando serviço de manutenção para indústrias de diversos setores”, completa o Fagundes.

Quem faz um curso técnico, além de ter chance de empregabilidade, fica também mais preparado para o Ensino Superior. O diploma do SENAI na área tem reconhecimento destacado e permite habilitação técnica junto ao Conselho Regional dos Técnicos Industriais.

Carlos Felipe de Araújo
Programação dos filmes em cartaz