Boa tarde!           Quinta 03/12/2020   17:43
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Em Dia Com a Saúde > OSSOS SAUDÁVEIS É QUALIDADE DE VIDA - Dra. Rita Cassia Ravaglia Campos
OSSOS SAUDÁVEIS É QUALIDADE DE VIDA - Dra. Rita Cassia Ravaglia Campos

 Por Dra. Rita Cassia Ravaglia Campos


 A osteoporose é um distúrbio do metabolismo do osso onde há diminuição de densidade mineral óssea, com deterioração da microarquitetura óssea, levando a um aumento da fragilidade esquelética e do risco de fratura[i].

 O pico de massa óssea, ou seja, máxima densidade e resistência do osso ocorre por volta dos 20 e 30 anos e, fisiologicamente, perde-se um por cento ao ano.

Existem algumas patologias que cursam com esta perda de massa óssea, mas o mais importante é conhecer os fatores de risco maiores e menores para o desenvolvimento da osteoporose. Os maiores são: sexo feminino, baixa massa óssea, fratura prévia principalmente por trauma mínimo, idade avançada em ambos os sexos, história materna de fratura de colo femoral e/ou osteoporótica, menopausa precoce não tratada, tratamento prolongado com corticóides.

 Já os menores envolvem distúrbio hormonal, baixo índice de massa corporal (IMC <19 Kg/m2), tabagismo, alcoolismo, sedentarismo, tratamento com outras drogas que induzem perda de massa óssea, imobilização prolongada, dieta pobre em cálcio.

 O importante é a prevenção através da ingesta de nutrientes adequados e hábitos de vida saudáveis, sol e vitamina D, exercícios e prevenção de quedas, fatores ambientais e medicamentos prescritos pelo seu médico.

  A necessidade diária de cálcio é variável. Sabe-se que mulheres pré-menopausa e homens necessitam de um grama ao dia e mulheres pós-menopausa e adolescentes precisam consumir um grama e meio ao dia. Sabe-se que alguns grãos interferem na absorção de cálcio, exceto aveia e o espinafre.

 

Alimento

Mg de Cálcio

Leite (1 xícara)

302

Iogurte (1 xícara)

452

Queijo tipo cheddar 30 g

204

Frosen iogurte - ½ xícara

154

Sardinha com ossos

217

Brócolis – ½ xícara

89

 

Atuar nos hábitos de vida é a chave para manter os ossos saudáveis: abster-se do tabagismo e etilismo, atividade física, orientada por profissional, que promove o estar geral, melhora o trofismo muscular, o equilíbrio, a qualidade do sono e diminui o risco de quedas, atividades contra a resistência da gravidade como caminhada e musculação tem mais efeito sobre os ossos.

(1)Consenso Brasileiro de Osteoporose 2002



 

Programação dos filmes em cartaz