Bom dia!           Sábado 26/09/2020   08:39
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Música > Corais > Reencontro de Músicos marca os 78 Anos dos Canarinhos
Reencontro de Músicos marca os 78 Anos dos Canarinhos
Concerto Virtual inédito vai comemorar o Aniversário

12/08/2020 - 08:01 - Foi a partir do sonho de transformar vidas por meio da música que, há 78 anos, o primeiro coral de meninos foi criado no Brasil. Em quase oito décadas, milhares de meninos tiveram a oportunidade não só de estudar música gratuitamente, mas também conhecer cidades e países e adquirir conhecimentos e valores que levaram por toda a vida. Para comemorar o aniversário dos Canarinhos, no próximo sábado, às 16h, um grande evento virtual será realizado na página do coro no Facebook, em um grande reencontro de músicos de diferentes gerações.

“Poder comemorar uma trajetória de tanto sucesso é uma honra. Minha história na música, assim como a de tantos outros meninos, também começou nessas mesmas partituras. Apesar de ser doloroso não podermos nos reencontrar pessoalmente para comemorar toda essa história, a tecnologia está nos permitindo fazer um reencontro inédito com músicos que não poderiam participar se o evento fosse presencial”, contou o diretor artístico do Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis, o maestro Marco Aurélio Lischt.

A programação do evento contará com apresentação musical popular e clássica, depoimentos de ex-canarinhos que moram no Brasil e no exterior e com o lançamento da música “Ave Verum”, de Mozart, nas vozes da formação atual do coral. Ao todo, quase 80 músicos participarão do evento. O aniversário também contará com uma live especial na sexta-feira, às 17h, também na página dos Canarinhos no Facebook, com a participação do músico Michel de Souza e do maestro Marco Aurélio Lischt que vão falar sobre o tema “Levando a música pelo mundo”.

"O tempo que passei nos Canarinhos foi decisivo para uma das escolhas mais importantes da minha vida, a escolha da minha profissão. Foi-nos oferecida uma formação musical muito sólida, o que percebi nitidamente ao ingressar no curso superior na Escola de Música da UFRJ. Além dessa formação, o amor e o respeito por essa arte nos foram ensinados desde o primeiro dia. Também tive a oportunidade de viajar e conhecer o Brasil e outros países. Essa abertura de horizontes foi fundamental e, graças a ela, pude me adaptar bem ao estilo de vida exigido pela carreira musical. Tenho muito a agradecer ao Instituto e aos meus primeiros mestres, principalmente a figura do saudoso frei José Luiz Prim, que sempre me deu apoio incondicional”, recordou o cantor lírico Michel de Souza.

Outro músico que lembra com saudade da época do coral é o saxofonista Breno Morais, que entrou na turma dos 50 anos dos Canarinhos: “Minha vida não seria a mesma se eu não tivesse sido canarinho. Tenho uma gratidão imensa ao coro. Acabei me tornando músico por causa do coro e nunca me vi fazendo outra coisa. Vivemos a música em tempo integral. O coral dos Canarinhos é uma família e eu me tornei um homem de caráter porque passei por essa escola”, lembrou, contando com felicidade a possibilidade de participar deste grande reencontro. “Passamos as últimas semanas nos reunindo pela internet. Ex-canarinhos que estão espalhados pelo mundo todo estão mandando material para este evento. É uma potência musical absurda! Várias gerações estão juntas com muita dedicação para celebrar essa história e esse patrimônio mundial”, vibrou Breno.

Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis (IMCP)


Consagrado como um dos patrimônios culturais da cidade e sendo o mais antigo e tradicional grupo vocal, o Coral dos Canarinhos é administrado pelo Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis (IMCP). Além do coro de Meninos, o IMCP também administra o coro das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis, o Curso de Aprendizes e oferece aulas particulares de vários instrumentos musicais.

O objetivo do Instituto é transformar a realidade dos integrantes, por meio da música. As crianças e jovens que fazem parte dos coros pertencem a classes sociais variadas e ingressam nos coros aos 8 anos, permanecendo até os 18 anos. O coro é aberto à comunidade. Desta forma, todos os interessados, tanto meninos como meninas, podem ingressar no curso de Aprendizes, desde que tenham oito anos e estejam matriculados no 3º ano do primeiro segmento do ensino fundamental, em qualquer escola da cidade, tanto públicas como particulares.

A rotina dos meninos e meninas é intensa dentro do IMCP. Os quatro anos iniciais são voltados para a formação musical, onde aprendem teoria, solfejo, ritmo e percepção musical. Neste período, passam até 15 horas semanais no Instituto, onde 12 horas são dedicadas à música.

SERVIÇO:

Local: Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis
Endereço: Rua Santos Dumont, 355
Tel.: (24) 2104-4141
Bairro: Centro
Cidade: Petrópolis/RJ
Programação dos filmes em cartaz