Boa tarde!           Domingo 28/11/2021   16:56
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Hospital Santa Teresa pode receber R$ 5 milhões para enfrentamento à Pandemia de Covid-19
Hospital Santa Teresa pode receber R$ 5 milhões para enfrentamento à Pandemia de Covid-19
Aplicação do recurso foi pedida pelo deputado federal Vinícius Farah

13/04/2020 - 16:45 - O Hospital Santa Teresa, em Petrópolis, pode receber R$ 5 milhões do governo federal, verba destinada ao enfrentamento à pandemia de Covid-19. O benefício está sendo pedido pelo deputado federal Vinícius Farah (MDB-RJ).  A verba faz parte do montante de R$ 2 bilhões que serão destinados pela União para Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de todo o Brasil.

“As instituições conveniadas ao SUS representam mais de 50% de todos os atendimentos públicos do país e o Hospital Santa Teresa é um dos principais parceiros da saúde pública em Petrópolis”, aponta Vinícius Farah.

O Hospital Santa Teresa tem 40% dos seus 156 leitos voltados para o atendimento pelo SUS. Pelo menos 23 UTIs são usadas por pacientes oriundos do sistema público de saúde e outros 37 leitos para internações em enfermaria.

Atualmente, quatro pacientes com Covid-19 estão internados no Hospital Santa Teresa (HST) – sendo um na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e três em isolamento em leitos clínicos.  O HST se prepara para oferecer mais leitos de UTI voltados para o tratamento de pacientes do coronavírus pelo SUS.

“Todos os recursos são importantes neste momento em que os hospitais se reestruturam para ampliar capacidade de atendimento em função do enfrentamento ao Covid-19”, frisa o parlamentar.

Vinícius Farah, representante das regiões Serranas e Centro-Sul na Câmara Federal já protocolou ofício solicitando formalmente que sejam destinados, além de R$ 5 milhões ao HST, de Petrópolis, mais R$ 10 milhões para o Hospital das Clínicas Nossa Senhora da Conceição, em Três Rios, e R$ 5 milhões para o Hospital São José, em Teresópolis. As três unidades são administradas pela Associação Congregação de Santa Catarina e consideradas de referência em suas cidades.

De autoria do senador José Serra (PSDB-SP), o texto já cumpriu sua tramitação no Congresso e agora aguarda a sanção do presidente.

O critério de rateio do valor será definido pelo Ministério da Saúde e o crédito em conta bancária das entidades beneficiadas deverá ocorrer em até 15 dias da data de publicação da lei.

“Este recurso será de extrema importância para que essas instituições tenham reforço na estrutura de atendimento nesta crise, que ainda não chegou ao seu auge”, frisa Vinícius Farah.
Programação dos filmes em cartaz