Bom dia!           Terça 10/12/2019   09:42
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > “Dog Show” na Praça da Liberdade encerrou comemorações pelos 95 anos da Guarda
“Dog Show” na Praça da Liberdade encerrou comemorações pelos 95 anos da Guarda
Apresentação de Animais do Canil da GC aconteceu na manhã deste Domingo

14/07/2019 - 17:31 - As comemorações dos 95 anos da Guarda Civil foram encerradas neste domingo (14.07) com a realização de um “Dog Show” na Praça da Liberdade. Pelo menos 50 pessoas, entre elas muitas crianças, puderam conferir um pouco do trabalho que é realizado pelo canil da corporação. Três cães foram levados para apresentar as atividades de detecção de drogas, proteção e cinoterapia.

O canil da Guarda Civil existe há dois anos com 14 cães, sendo cinco para o trabalho de proteção e contenção de confusões e brigas, três para detecção de drogas, armas e explosivos, um para resgate em escombros e dois para cinoterapia. O canil fica na sede da Guarda e é cuidado por 11 agentes.

 “O trabalho do canil tem sido muito importante para a cidade, tanto na questão da segurança quanto no lado social. Os cães auxiliam o trabalho da Guarda Civil e ajudam a fazer a diferença. A atuação deles renderá ainda mais resultados positivos para a nossa população”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Na Praça da Liberdade, a cadela Scolt mostrou o serviço que ela faz de detecção de drogas. A pastora holandesa de quatro anos e meio, participa frequentemente de operações de combate ao tráfico na cidade.

A pastora belga-malinois Bia, que tem sete anos, mostrou um pouco do trabalho de proteção, em uma ação controlada pelo coordenador técnico do canil, Leandro Lopes, com mais dois agentes que fazem a condução e o manejo dos animais.

Mas quem chamou a atenção principalmente foi o golden retriever Chico, o cão que atua em sessões de cinoterapia com pacientes em tratamento de câncer, alunos de centro de educação infantil e lares de acolhimento de idosos. O cachorro tem 11 meses e a missão de elevar a autoestima e trazer momentos de alegria às pessoas que tem contato com ele.

A pequena Alice, filha da técnica de enfermagem Danubia Aparecida, gostou de conhecer os cães.

“Quero levar para casa”, brincou a menina, que tirou várias fotos com Chico.

“Estávamos aqui na praça e paramos para ver essa ação. Acho esse trabalho muito interessante, tinha que ter mais cães para auxiliar os guardas”, disse Danubia.

O designer Junior Rossi é de São Paulo e estava passeando pela Praça da Liberdade com o filho, um sobrinho e a esposa, e também participou da ação. Durante a conversa com os agentes, ele pode ouvir a história de um dos agentes que cuida do canil, que disse ter vencido o medo que tinha de cachorro ao ser convidado para o treinamento dos agentes que atualmente são responsáveis pela estrutura e pelos animais. O paulista também falou que tem um pouco de medo de cachorro, mas depois que viu as explicações sobre os cuidados com os animais e o canil, quer aprender a lidar com os cães.

“Achei a ação bem interessante, fiquei bastante em interessado em conhecer mais. Achei esse trabalho incrível, todos os animais e os guardas muito bem preparados. Os cães têm uma importância ímpar para a segurança. E saber que um dos guardas aprendeu a lidar com cães e está trabalhando com eles hoje, acho que ainda posso aprender também”, afirmou.

“Os nossos cães recebem cuidados veterinários, fazem exames periódicos de seis em seis meses, são acompanhados por nutrólogo. Eles recebem todos os cuidados e damos o treinamento das melhores e mais variadas formas para que façam sempre o melhor serviço para a cidade”, explica o coordenador técnico do canil, Leandro Lopes.

As comemorações de aniversário duraram a semana toda e contaram  com caminhada entre o Circuito de Esporte e Lazer até o Parque Ipiranga; campanha de doação de sangue e arrecadação de alimentos; confraternização entre as agentes femininas para comemorar o primeiro ano de subcomando de Cláudia da Conceição; café da manhã na sexta-feira (12.07), data do aniversário; e Sessão Solene na Câmara de Vereadores.

“Estamos agora rumo do centenário da Guarda, que é uma das mais antigas do Brasil. Estamos avançando, crescendo a cada dia e tendo ainda mais importância para a população, tanto na segurança do município quanto do lado social. O nosso objetivo é continuar melhorando cada serviço que a corporação faz para atender ainda melhor os petropolitanos”, ressalta o comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni.
Programação dos filmes em cartaz