Boa tarde!           Terça 20/08/2019   15:10
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Prevenção de Incêndio Florestal: MPF e Órgãos Públicos planejam “Operação Abafa"
Prevenção de Incêndio Florestal: MPF e Órgãos Públicos planejam “Operação Abafa"
08/07/2019 -18:36 - Nos últimos dois anos, o número de incêndios florestais em Petrópolis caiu 28,4%. Buscando reduzir ainda mais os casos no município, que conta com unidades de conservação federais, estaduais e municipais, além de uma grande extensão de APA (Área de Preservação Ambiental), o Ministério Público Federal (MPF) começou a planejar junto com órgãos municipais, estaduais e federais, a Operação Abafa II. O primeiro encontro para alinhamento de trabalho foi realizado nesta segunda-feira (08.07) e já definiu que serão entregues notificações preventivas em pelo menos, 10 regiões indicadas pelo Corpo de Bombeiros como de maior incidência de queimadas. Além disso, outras medidas preventivas também podem ser adotadas dentro da ação, que será realizada durante todo período de estiagem – até o início de outubro.

A Operação Abafa foi realizada de maneira inédita no ano passado, quando foram entregues 186 notificações preventivas aos incêndios florestais na Posse, Taquaril e em Secretário. "Estamos mapeando os locais com mais casos de incêndio florestal para realizarmos a operação, que será ampliada para mais regiões neste ano", explica o tenente-coronel Gil Kempers, comandante do 15° Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) de Petrópolis.

Segundo dados do Corpo de Bombeiros, a iniciativa já apresentou resultado positivo: em 2016 foram 258 casos de incêndios florestais, contra 98 no ano passado. "Além da entrega das notificações, podemos incluir outras ações de prevenção, como a criação de trilhas de acesso e de aceiros. Dessa forma, a operação será fortalecida", pontua o procurador da República, Charles Stevan da Mota Pessoa.

Além da Operação Abafa, outras medidas de prevenção para as ameaças de inverno acontecem em Petrópolis. Dentro do Plano Inverno municipal, acontece a Blitz Verde e o mapeamento de área susceptíveis aos incêndios florestais. "Com o plano, organizamos o atendimento da população nas ocorrências e investimos em ações de conscientização nas escolas e nos bairros”, destacou o prefeito Bernardo Rossi.

Somente em junho, o Corpo de Bombeiros registrou 34 casos de incêndios florestais em Petrópolis. Com as ações previstas, a prefeitura espera a redução deste número. “Estamos trabalhando em conjunto com outros órgãos, com o trabalho antecipado que reduz o risco de desastre. A ideia é reduzir o número de queimadas já em julho”, frisa o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.

Participaram da reunião no MPF a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Karina Bronzo; o comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni; além de representantes da Secretaria de Meio Ambiente, Polícia Militar, APA-Petrópolis, Revis Serra da Estrela, Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Reserva Biológica Estadual de Araras (Rebio Araras) e do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso).
Programação dos filmes em cartaz