Boa noite!           Quarta 11/12/2019   01:45
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Petrópolis terá Escola Militar em 2020
Petrópolis terá Escola Militar em 2020
08/07/2019 - 16:48 - Pleito do prefeito Bernardo Rossi junto ao governo do Estado, a cidade terá em 2020 uma escola militar. O anúncio foi feito nesta segunda-feira  (08.07) à tarde em reunião com secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes e o deputado estadual Sergio Fernandes, na sede da Secretaria de Estado de Educação, no Rio.

Petrópolis é a terceira cidade do Estado a ter uma escola militar. “É importante a cidade estar incluída nos projetos estaduais e ter uma unidade com este perfil é um diferencial para o ensino ofertado pelo Estado na cidade. É uma parceria que queríamos muito e que vamos colocar em prática para estar funcionando o mais rápido possível”.

Caberá à prefeitura a cessão de um prédio e o custeio de água e luz. O quantitativo de alunos atendidos e as turmas serão estabelecidos de acordo com o espaço que será disponibilizado.

De acordo com o Secretário de Educação, Pedro Fernandes, o Governo do Estado vai dar o suporte necessário para o projeto. “A matriz de ensino será através da Base Nacional Comum Curricular, com oferta de atividades diferenciadas no contraturno”, explica. A meta do governo é ter mais 27 escolas militares no Estado.

Neste ano, duas novas unidades militares já foram inauguradas: em Volta Redonda, o Primeiro Colégio do Corpo de Bombeiros Militar funciona no Ciep 403 – Maria de Lurdes Giovanetti, que estava desativado e foi doado pela Secretaria de Estado de Educação. Já o Segundo Colégio do Corpo de Bombeiros Militar, em Miguel Pereira, foi instalado no Ciep 494 – Alexandre Carvalho, apontado pela Prefeitura da cidade.

Já o deputado Sérgio Fernandes destaca que a unidade será uma escola a mais. “Não haverá fechamento de nenhuma unidade, nem substituição de uma escola tradicional para uma militar. É uma nova unidade, ela se soma à rede estadual em Petrópolis. Isso é muito importante frisar, porque são mais vagas, mais opção em educação”, destaca.

Para a secretária de Educação, Marcia Palma, presente ao anúncio da parceira, este será mais um reforço para a educação petropolitana. “Petrópolis é referência na educação pública de qualidade e a novidade vem a somar com as diferentes formas de ensino. Já temos 15 escolas que oferecem educação em tempo integral e, percebemos o quanto a permanência do aluno nas dependências das unidades escolares têm reflexo positivo no aprendizado”, disse. 
Programação dos filmes em cartaz