Boa tarde!           Terça 20/08/2019   16:37
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Bauernfest: Petrópolis registra recorde no Número de Veículos de Turismo
Bauernfest: Petrópolis registra recorde no Número de Veículos de Turismo
Nos 17 Dias de Festa, município registrou 1.531 Ônibus e Vans

Foram 526 veículos que vieram à Bauernfest só neste sábado e domingo

01/07/2019 - 17:00 - Petrópolis registrou 1.531 ônibus e vans de turismo nos 17 dias de Bauernfest - um número histórico de excursões e grupos turísticos chegando para um mesmo evento no período de uma festa da cidade. Só neste sábado (29) e domingo (30), 526 veículos de turismo chegaram ao município com destino à Festa do Colono Alemão – o fim de semana com maior número de veículos neste período de festa. São ônibus e vans que vieram de diversas partes do país trazendo turistas que lotaram a cidade.

Contabilizado pela CPTrans nos pórticos da cidade, foram 939 ônibus e 592 vans. No segundo fim de semana, foram 518 – sendo o domingo, dia 23 de junho, o dia que mais recebeu os grupos de excursão – 313 veículos ao todo. No primeiro fim de semana foram registrados 365 ônibus e vans. A diferença, comparada à edição de 2018, quando houve 10 dias de festa e 880 veículos, é de 73,98%.

“Temos um registro progressivo do número de ônibus e vans que vêm à nossa cidade para aproveitar a Bauenrfest, mas este ano batemos todos os recordes da festa, o que demonstra a grandiosidade e a importância desse evento para a Petrópolis”, destaca o prefeito, Bernardo Rossi. “Houve um planejamento operacional que se demonstrou muito eficaz e demonstra às pessoas que vem de fora da cidade a preocupação para um evento desta proporção”, completa o diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha.

O trabalho feito pela companhia com os veículos do turismo incluiu a abordagem e um levantamento realizado no evento. Com isso a CPTrans conseguiu verificar que a maioria dos grupos que chegam à cidade são do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, mas há muitos casos de ônibus e vans que vieram de Santa Catarina e há registro, até, de ônibus que veio de Salvador, na Bahia. Ao chegar na cidade, eles foram adesivados e orientados sobre o local de desembarque dos passageiros, estacionamento do ônibus, local de embarque e, até mesmo, melhora rota para deixar a cidade.

“Esse foi um dos pontos fundamentais da organização nesta edição da festa. No dia 23, por exemplo, houve um acidente na BR-040 logo pela manhã e, assim que a rodovia foi liberada, às 10h18 os ônibus chegaram aos montes. Até às 10h59 daquele dia, 70 ônibus e vans deram entrada nos pórticos. Sem essa organização preparado, com certeza, teríamos um colapso no trânsito com esse número de veículos transitando nas ruas da cidade aleatoriamente”, explica o diretor-presidente da CPTans, Luciano Moreira.

Para os motoristas de ônibus de turismo a medida agradou. “Chegar com essa recepção e saber para onde ir, onde há lugar para parar, em que área podemos pegar o grupo de volta, enfim, ter todo esse itinerário pronto, evita dores de cabeça. Isso demonstra uma preocupação e um cuidado da cidade em recepcionar as pessoas, que, com a boa impressão, acabam querendo voltar”, destacou o motorista Maurício de Gouveia, que trouxe quase 10 grupos para Petrópolis nos 17 dias de festa.
Programação dos filmes em cartaz