Boa tarde!           Quinta 13/12/2018   16:20
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Prefeitura paga Dívidas, retoma 23 Obras e recupera Investimento de R$ 134 Milhões
Prefeitura paga Dívidas, retoma 23 Obras e recupera Investimento de R$ 134 Milhões
Estão sendo construídas, escolas, unidades de saúde, quadras de esportes 3 obras do PAC das Encostas também já voltaram

08/10/2018 - 08:01- Uma cidade com 11 obras paradas por falta de pagamento e outras 12, de contenção de encostas, uma das prioridades de Petrópolis, também paralisadas. O início da gestão Bernardo Rossi foi marcado pelo desafio de retomar as intervenções, apresentando as contrapartidas necessárias para que o governo federal voltasse a enviar recursos e ainda investir verbas próprias para as obras, que são de construção de escolas, unidades de saúde, quadra de esportes e um centro de iniciação esportiva, saírem do papel. Um ano e 10 meses depois, 11 obras foram retomadas, outras 3 do PAC das Encostas também já voltaram e mais 9 serão iniciadas: são R$ 134,2 milhões em intervenções aguardadas pela população.

“O desafio continua grande: manter as contas públicas em dia, com dívidas sendo pagas, e crescer ao mesmo tempo, recuperar obras, ter mão de obra para poder colocar as novas estruturas em funcionamento. E estamos conseguindo avançar em meio a uma crise econômica nacional e a uma crise municipal, de contas públicas desordenadas que herdamos da gestão anterior”, aponta o prefeito Bernardo Rossi.

Das 11 obras retomadas pela gestão Bernardo Rossi, já está concluído o Centro de Iniciação Esportiva, no Caxambu, um complexo para atender de imediato mais de 500 pessoas. A segunda maior obra, de R$ 59 milhões também está em fase final: as 766 unidades do MCMV, do Vicenzo Rivetti, destinado a desabrigados das chuvas, já com 90% de conclusão.

Também estão em fase final as quadras do Morin e do Pedras Brancas e foi retomada ainda a reforma da Escola Jandira Bordignon, fechada em 2016 por risco às crianças.  As quadras recebem cerca de R$ 900 mil, dos quais apenas R$ 22 mil da prefeitura. O restante da verba, no entanto, seria perdido por falta do pagamento desta pequena contrapartida da prefeitura. Já a escola, com recursos próprios na ordem de R$ 2,5 milhões aplicados pela prefeitura, vai devolver à comunidade um prédio com capacidade para 700 crianças.

O conjunto habitacional da Posse, onde são erguidas 72 unidades pela prefeitura também precisou de atenção especial: algumas unidades foram entregues com problemas em 2016 e precisaram ser feitas reformas. O restante também está sendo concluído.

Na área da Saúde, a Unidade Básica de Saúde de Araras, teve suas obras retomadas esta semana e nas próximas semanas reiniciam as obras da UBS da Posse e da UBS do Caxambu, três intervenções que somam R$ 2,9 milhões.

“Em Itaipava, uma obra de contenção na Desembargador Luiz Severo tinha uma dívida de R$ 11 mil da prefeitura. Pagamos o valor e o governo federal liberou R$ 384 mil que são fruto de emenda parlamentar. O dinheiro e a obra seriam perdidos”, aponta o prefeito Bernardo Rossi.

PAC das Encostas e Creche na Estrada da Saúde

Do PAC das Encostas, iniciado em 2013, prevendo 14 obras, apenas 2 foram concluídas. As outras 12 foram paralisadas depois de um arresto judicial ter retirado verbas das contas da prefeitura, na gestão passada, para pagamento do 13º salário do funcionalismo. Quando assumiu, a gestão Bernardo Rossi negociou a reposição deste dinheiro e repôs R$ 11 milhões nas contas do PAC das Encostas com o programa sendo retornado.

Três destas 12 obras já retornaram: Rua Brigadeiro Castrioto (Floresta), Rua Eugênio Werneck (Morin) e Rua Amaral Peixoto (Quitandinha). Também serão retomadas as outras 9: Rua Alexandre Fleming (São Sebastião), Rua Antônio Soares Pinto (Centro), Rua Henrique Paixão (Floresta), Rua Casemiro de Abreu (Floresta), Rua Atílio Marotti (Campo do Serrano), Comunidade do Neylor (Retiro), Comunidade dos Ferroviários (Alto da Serra), Alto Bataillard (Mosela) e Comunidade do Veludo (Bingen). 

Na Estrada da Saudade está sendo iniciada a construção de uma creche na comunidade Boa Vista. São R$ 559 mil do governo federal aplicados no PAC Estrada da Saudade depois de garantida contrapartida da prefeitura de XXX.  O governo Bernardo Rossi também trabalha em mais dois projetos dentro do programa: pavimentação e rede de drenagem na Estrada da Chácara e a construção de uma creche na comunidade do Félix.

Prefeitura recupera R$ 134 milhões e retoma obras paralisadas

Vicenzo Rivetti 
776 unidades habitacionais paralisadas desde 2015 –  R$ 59 milhões

Conjunto habitacional da Posse 
72 apartamentos – R$ 4,1 milhões

Centro de Iniciação Esportiva do Caxambu 
Estrutura esportiva para atender até 2 mil pessoas – R$ 3,8 milhões

Reforma de quadra - Morin 
Quadra esportiva– R$ 487,5 mil

Reforma de quadra - Pedras Brancas 
Quadra esportiva - R$ 487,5 mil

Reforma - Escola Municipal Jandira Bordignon 
Com recursos próprios – R$ 2,5 milhões

PAC Encostas
12 obras que estavam paradas  - R$ 60 milhões

Obra de contenção - Itaipava 
Rua Desembargador Luiz Antônio Severo – R$ 384 mil

UBS  Araras Posse e Caxambu
Unidades Básicas de Saúde nos bairros  - R$ 2,9 milhões

PAC Estrada da Saudade
Construção de Creche no  Boa Vista – R$ 559 mil
Spa Serra Morena