Boa noite!           Sexta 26/02/2021   00:55
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Transporte > CPTrans realiza Consulta Pública para Confecção do Plano de Mobilidade Urbana - dia 22/09 ás 15h
CPTrans realiza Consulta Pública para Confecção do Plano de Mobilidade Urbana - dia 22/09 ás 15h
Serão 12 consultas, de diferentes modais e três audiências públicas para discussão do tema

Objetivo é concluir documento no início do próximo ano

16/09/2018 - 09:11 - A elaboração do Plano de Mobilidade Urbana, documento que está sendo elaborado pelo município, segue avançando e agora chega à fase onde serão elaboradas as consultadas públicas. A primeira delas já tem data, acontece no sábado (22.09) às 15h, durante o Petrópolis BikeDay, na Bohemia, e o primeiro tema a ser discutido tem tudo a ver com o evento: transporte não motorizado. À ocasião, os interessados no assunto irão ouvir uma explanação sobre o tema, que será seguido de um debate e, por fim, poderão opinar sobre o tema.

Até a conclusão do Plano de Mobilidade, outras 15 consultas púbicas e quatro audiências serão realizadas. A previsão é que seja feita uma a cada duas semanas para discutir temas como transporte público de passageiros; transporte de cargas, supercargas e fretamento, motofrete e frete; educação e segurança no trânsito, transporte público individual; turismo e grandes eventos; patrimônio histórico e cultural e feiras livres; e transporte escolar, eixos de crescimento urbano, LUPOS e leis de planejamento.

“As discussões desses modais culmina com a primeira audiência pública, que deve acontecer nos primeiros meses do próximo ano. Nessa audiência as propostas serão mostradas e será uma oportunidade de que as partes interessadas de diversos setores estejam unidas e mobilizadas em prol do Plano de Mobilidade. Esse é um dos desafios da atual administração e estamos trabalhando para entregar um documento viável e de acordo com a realidade do município”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha.

Após a primeira audiência pública serão realizadas consultas públicas por eixos: infraestrutura de trânsito; operação de trânsito, que inclui segurança viária, fiscalização e uso do solo; além de acessibilidade universal e sustentabilidade ambiental. Ao final dessas consultas, será feita mais uma audiência com a apresentação das propostas e, depois, a última etapa de consultas públicas ocorrem nos bairros. Pelo cronograma três consultas: a primeira inclui a área do primeiro distrito; a segunda, do segundo distrito e a terceira do terceiro, quarto e quinto distrito.

“Essas são etapas cruciais na elaboração do PlanMob, porque ele prevê que a população seja ouvida, afinal, é a principal interessada no que o documento vai propor. Então, é importante que as pessoas de fato participem na composição deste documento”, destaca o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira, lembrando que uma consulta pública já havido sido realizada durante a 14ª Conferência Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT) e que uma pesquisa de Origem e Destino está disponível no site da companhia. “Os dados dessa pesquisa serão utilizados, também, na elaboração do documento”.

A confecção do documento atende à Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei nº 12.587/2012) na qual existe a exigência de elaboração de planos de mobilidade urbana para todos os municípios com população acima de 20 mil habitantes, assim como os demais obrigados ao plano diretor. Neste sentido, o Ministério das Cidades incluiu no programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana a possibilidade de financiamento dos planos de mobilidade para municípios acima de 100 mil habitantes.

Para o PlanMob, já foram realizadas contagens de veículos em diversas ruas da cidade, pontos de simulação, hierarquização de 3000 vias, replanejamento de itinerários de diversas linhas de ônibus, projetos para obtenção de recursos apresentados à possíveis financiadores e mais de 8Km de faixas seletivas projetadas.
Programação dos filmes em cartaz