Boa noite!           Terça 02/03/2021   20:10
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Transporte > Semáforos ganham Lâmpadas LED: Mais Economia e Maior Eficiência
Semáforos ganham Lâmpadas LED: Mais Economia e Maior Eficiência
01/09/2018 - 21:10 - Com o objetivo de diminuir o consumo e economizar de maneira sustentável, a Companhia Petropolitana de Transporte (CPTrans) iniciou a substituição de mais de 100 lâmpadas incandescentes dos semáforos, para o sistema de Light Emitting Diode(Led), em todo o município. Na primeira etapa, alguns locais, como um semáforo na Rua do Imperador e Rua Dr. Porciúncula já receberam a nova tecnologia em caráter experimental e o resultado tem sido positivo. Hoje a Companhia tem um custo de eletricidade, só dos semáforos, de aproximadamente R$ 10 mil por mês.

Desde a última obra de revitalização do Centro Histórico, em 2007, que não há reforma nos semáforos. Essa substituição de lâmpadas incandescentes é um projeto de atualização da iluminação que existe desde 2014 na CPTrans, porém essa ação só está sendo executada neste governo, preocupado com a otimização e com práticas de sustentabilidade.

“Começamos a fazer os testes com as lâmpadas de LED em alguns pontos da cidade. Iremos avaliar os resultados para entrar na segunda etapa da ação e substituir todas as lâmpadas dos semáforos do município. Acredito que teremos uma economia no custo de aproximadamente 70%. O Objetivo é ter melhor qualidade com mais eficiência do sistema para os petropolitanos”, contou o diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha.

Esta ação permitirá uma maior segurança para o trânsito na cidade, já que a iluminação dos semáforos com LED é mais intensa e brilhante que as lâmpadas incandescentes, dando maior visibilidade para os motoristas e pedestres. A nova instalação também reduz a manutenção, pois a vida útil da lâmpada é bem mais longa, o que representa uma redução de custos. A lente utilizada nos semáforos, chamada popularmente de “bolachas” possuem várias pequenas lâmpadas que funcionam de forma independente. Então, caso haja a queima de uma pequena quantidade de LEDs não afeta totalmente a transmissão do sinal luminoso, não atrapalhando o condutor.

“Realmente dá muita diferença na visibilidade e aqui podemos comparar uma lâmpada com a outra. Essa de Led é bem mais forte e chamativa que a outra. Acredito que toda a sinalização trocada fará muita diferença tanto para os motoristas quanto para as pessoas que estão circulando”, aprova a comerciante de 58 anos, Marlene Conceição.

As lâmpadas com nova tecnologia consomem 15 a 20 watts contra 100 watts utilizados pelas lâmpadas incandescentes com a mesma intensidade luminosa, o que resulta em uma economia de até 80% de energia. Pela grande capacidade luminosa que as lâmpadas de LED possuem elas duram até 25 vezes mais que as incandescentes e 3 vezes mais que as fluorescentes.  Uma lâmpada de LED usada por 8 horas diárias, por exemplo, pode durar até 17 anos, e ainda assim sofre pouca alteração no brilho ao longo do tempo. Como não possuem filamentos metálicos, mercúrio ou substancias tóxicas na composição, a lâmpada de LED não emite poluentes ao meio ambiente e ainda pode ser reciclada.
Programação dos filmes em cartaz