Boa tarde!           Terça 30/11/2021   17:50
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > HAC inicia Serviço de Acompanhamento Pós-Internação
HAC inicia Serviço de Acompanhamento Pós-Internação
Pacientes receberão orientações para cuidados essenciais a serem feitos em casa

23/03/2018 - 18:31 - Pela primeira vez, um hospital público em Petrópolis instala um sistema para ouvir o paciente depois da alta hospitalar. O procedimento iniciou, nesta sexta-feira (23.03), no Alcides Carneiro, onde, em 2017, passaram por cirurgias mais de 7 mil pessoas. Os pacientes cirúrgicos terão continuidade do tratamento mesmo depois da alta médica. A segurança do paciente e o cuidado individualizado são os principais norteadores do protocolo que reforça para os usuários a importância de seguir as orientações profissionais para os cuidados com o banho, curativos a serem feitos em casa, fisioterapia, alimentação adequada, entre outros.

Pelo protocolo, a equipe formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, psicólogos, nutricionistas e fisioterapia, que esclarecerão as dúvidas e entregarão orientações ao paciente. Em até 15 dias após a alta, uma enfermeira irá telefonar para o paciente para saber se as orientações estão sendo seguidas e como está a recuperação do mesmo.

A iniciativa acompanha o crescimento do hospital que em 2017 realizou 10.062 internações, 8% a mais que no ano de 2016 quando foram realizadas 9.316.  A média de permanência destes pacientes é de 6 dias, nos 226 leitos disponíveis na unidade.

“É preciso investir em projetos que tragam melhorias para o atendimento e informação dos pacientes. Este tipo de ação permite que o pós-operatório de cada um seja orientado de forma específica, observando as particularidades de cada caso, até para que o paciente se sinta seguro ao ir para casa. A individualidade de cada paciente precisa ser observada para que possamos oferecer o atendimento que nossa população merece”, explica o prefeito Bernardo Rossi.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, destaca que o hospital também avançou com relação ao número de atendimentos ambulatoriais: foram 69.402, 6% a mais que 2016 com o total de 65.368. Ainda foram realizados 7.635 cirurgias e partos em 2017, 9,8% a mais que 2016 quando foram realizadas 6.959. Foram realizados 391.650 exames que representam 6,7% a mais que em 2016 quando foram realizados 367.153.

“O hospital está em uma crescente e estamos investindo para ampliarmos o acesso, o número de cirurgias, atendimentos, exames e procedimentos em geral. O novo protocolo é uma oportunidade para os pacientes tirarem suas dúvidas e ainda buscaremos a continuidade do cuidado humanizado e assim conseguimos diminuir ou contribuir para evitar a reospitalização”, afirma Silmar Fortes.

“O atendimento que estou recebendo no Alcides Carneiro é diferente de tudo que vi na minha vida, em termos de saúde pública, desde a marcação de exames até a cirurgia pela qual passei nessa semana. Todos os médicos, enfermeiros e funcionários me tratam com muito carinho e atenção. Saber que vou ter este acompanhamento mesmo depois que sair daqui me dá muita segurança. Melhora a autoestima. É magnífico” disse a paciente Ana Ercilia de Oliveira.
Programação dos filmes em cartaz