Bom dia!           Quarta 15/08/2018   10:17
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Petrópolis alcança Topo do Ranking do Turismo Nacional
Petrópolis alcança Topo do Ranking do Turismo Nacional
O município passou à categoria A pelo Ministério do Turismo

Nova nota pode facilitar a captação de recursos federais para o setor

09/02/2018 - 16:47 - Petrópolis acaba de alcançar o topo do ranking do turismo nacional. O crescimento nos números de empregos e estabelecimentos no setor de hospedagem e o aumento do fluxo turístico doméstico e internacional foram as principais razões que levaram o Ministério do Turismo a subir a categoria do município, passando de “B”, para “A” no novo Mapa do Turismo Brasileiro. A categorização que identifica o desempenho da economia do setor nos municípios foi divulgada nesta quinta-feira (08.02) pelo órgão. O resultado faz com que a cidade, que recebe 1,6 milhão de pessoas por ano, seja ainda mais reconhecida não só no Brasil, mas também mundo afora, e ainda poderá facilitar a captação de recursos federais para o setor.

Para o prefeito Bernardo Rossi essa é mais uma conquista para o município e mostra que investir no turismo é peça fundamental para fomentar a economia de Petrópolis. A primeira ação deste ano no setor foi o lançamento do calendário de eventos listando todas as atrações até dezembro.

“São 30 mil empregos entre comércio, hotéis e restaurantes beneficiados quando o turismo é forte. Sabemos do potencial que Petrópolis tem como uma de nossas vocações econômicas. Desde o início da administração, o setor é uma prioridade. Criamos a Secretaria de Turismo, a Turispetro; expandimos as festas, como a Bauernfest; criamos outras, como o Natal Imperial, o que atraiu milhares de visitantes para a cidade; fizemos parcerias com a iniciativa privada; melhoramos nossos circuitos turísticos; cuidamos dos nossos atrativos; e no início deste ano já fizemos o lançamento oficial do calendário anual de eventos da cidade”, destaca o prefeito.

A categorização dos municípios feita pelo Ministério do Turismo é feita a partir de quatro variáveis de desempenho econômico: número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem, estimativas de fluxo de turistas domésticos e internacionais. A partir do resultado, os municípios foram divididos por letras, que vão de ‘A’ a ‘E’. Segundo a portaria 39/2017 do MTur, somente municípios classificados entre ‘A’ e ‘D’ podem pleitear apoio a eventos geradores de fluxo turístico.

“Subir para o topo do ranking nacional estava no nosso plano de governo, e já conseguimos atingir a meta no início do segundo ano de administração. Esse resultado é muito gratificante para a cidade, faz com que Petrópolis seja ainda mais reconhecida, e demonstra que estamos no caminho certo, que precisamos continuar investindo no setor e receber bem os turistas”, explica Marcelo Valente, secretário da Turispetro, lembrando que o turismo é um dos principais fomentadores da economia no município. “Sabemos o quanto o turismo gera de empregos e renda e estamos trabalhando para fomentar ainda mais o setor, porque toda cidade ganha”, completa.

O turismo representa R$ 660 milhões do PIB anual do município. Com o crescimento do setor, mais de 30 mil empregos no comércio, hotéis, pousadas e restaurantes se beneficiam. Em grandes festas, como o Natal Imperial, chegam a ser injetados R$ 220 milhões na economia da cidade, com a passagem de mais de 330 mil pessoas pela festa em 2017.  No total, a cidade costuma receber 1,6 milhões de visitantes por ano, com 6.365 mil leitos disponíveis. Durante os eventos, rede hoteleira e restaurantes comemoraram seus estabelecimentos lotados, e chegam a registrar aumento entre 30% e 50%.

Os investimentos no turismo começaram já no início de 2017. No primeiro ano da nova administração do município, o setor ganhou prioridade com a criação de uma pasta exclusiva - a Turispetro, e todo movimento feito para divulgar a cidade em todo país e até mundo afora mostrou resultados que começam a ser sentidos na economia. Pontos turísticos, por exemplo, registraram crescimento no número de visitantes se comparado ao ano anterior. Assim como a ocupação nos hotéis e pousadas do Centro Histórico e distritos e o movimento dos restaurantes. A estimativa é de que a cidade tenha recebido 30% a mais de turistas no ano passado em comparação a 2016 em determinados fins de semana.

Para 2018, a Turispetro trabalha com o foco em um crescimento em torno de 20% em relação ao ano de 2017 nas hospedagens e 10% nos visitantes que não pernoitam na cidade. Isso em função, também, do lançamento antecipado do calendário anual de eventos.

Pilar da economia da cidade, o turismo conta com cerca de 8 mil empregos diretos ligados ao setor em Petrópolis, em hotéis, pousadas, restaurantes e agências de viagem. Os principais tipos de turismo são histórico-cultural, ecoturismo, turismo rural, turismo de compras, gastronômico, cervejeiro e religioso.
Spa Serra Morena