Boa noite!           Terça 02/03/2021   19:42
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Transporte > CPTrans vai ampliar o Número de Vagas para Idosos a partir de Janeiro
CPTrans vai ampliar o Número de Vagas para Idosos a partir de Janeiro
Companhia também vai reorganizar vagas para deficientes

18/12/2017 - 17:57 - A CPTrans vai ampliar para 108 o número de vagas de estacionamento demarcados para idosos. Nesta segunda-feira (18.12) a equipe da companhia apresentou o projeto para representantes de conselhos municipais e entidades relacionadas ao assunto. A previsão é que o trabalho para aumentar em 66% no número de vagas destinadas a este público da cidade comece já em janeiro. As vagas de estacionamento para deficientes também serão reorganizadas para espaços mais adequados e com acessibilidade.

Para apresentação da proposta, a equipe da CPTrans realizou o levantamento quantitativo e qualitativo das vagas existentes, levando em consideração se o espaço onde estão atualmente é compatível com a legislação, possui obstáculos para acesso, entre outras questões. Em casos em que for constatado problemas com a vaga, ela será suprimida e outra, próxima e mais segura, será instalada. No caso das vagas para deficientes elas foram mapeadas e mudarão de acordo com a necessidade de adequação e comodismo para as pessoas com deficiência.

“É uma mudança importante para os idosos, principalmente porque o estudo levou em conta vários fatores para realizar a demarcação adequada, prezando não só pela quantidade, mas pela qualidade desses espaços. Entendemos que isso é importante porque já chegamos a encontrar vagas de deficiente demarcadas em ladeiras, por exemplo, enquanto que há alguns metros dali existia espaço em área plana. Uma total falta de organização e cuidado com a nossa população”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

Atualmente, o número de vagas para deficiente supera os 2% determinado pelo estatuto da pessoa com deficiência, no entanto, algumas delas estão em locais cujo acesso é difícil, causando transtorno para os deficientes. No caso das vagas para idosos, o número demarcado atualmente é insuficiente, porque, de acordo com o Estatuto do Idoso, é necessário 5% das vagas, seja em estacionamento público ou privado. Atualmente, esse número é de 65.

De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Luiz Felipe Cruz e Silva, o encontro foi essencial para discutir esse assunto, uma vez que atualmente existem vagas em locais inadequados, demarcadas em áreas cuja a demanda real de usuários não foi levada em consideração, enquanto outros locais estão desfavorecidos e necessitando dessas vagas.

“Existiam vagas que não atendiam nossa necessidade. Hoje, poder vir aqui e discutir é de grande importância porque mostra o comprometimento em conversar com realmente vai usufruir desses espaços. Faz com que as nossas demandas sejam atendidas realmente”, declarou o presidente do conselho.

Para o presidente do Fórum do Idoso, Gabriel Weinen, essa ação vai ao encontro à tendência do aumento populacional do idoso em Petrópolis. “É um trabalho em conjunto que precisa da participação de representantes da sociedade, pois são as pessoas que realmente serão impactadas”, destaca Gabriel.

O presidente da Comissão do Idoso da OAB, Sergio Simões, elogiou a iniciativa. “Discussões como essa servem para elucidar assuntos importantes para sociedade, com foco nos principais interessados”, destacou.
Programação dos filmes em cartaz