Bom dia!           Quinta 20/02/2020   11:35
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Florada dos Ipês Amarelos anunciam a chegada da Primavera em Petrópolis e encantam Turistas e Moradores
Florada dos Ipês Amarelos anunciam a chegada da Primavera em Petrópolis e encantam Turistas e Moradores
Árvore símbolo da Cidade Imperial já atrai a atenção do público logo no início da florada, que acontece no fim do inverno
 
03/09/2017 - 08:54 - Tendo as cerejeiras como cenário encantador do auge do inverno, a estação mais fria do ano se despede em Petrópolis com uma paisagem tão fascinante quanto com o início da florada dos Ipês Amarelos. A árvore símbolo da Cidade Imperial já começa a ganhar vida nos principais pontos do Centro Histórico em meados de agosto e setembro com o florescer das árvores que anunciam a chegada da Primavera – que ocorre em 22 de setembro. Mas é no ápice de sua florada que algumas delas se destacam e se transformam em uma atração a parte da natureza no belo cenário da Cidade Imperial.

Diferente das cerejeiras, que tem sua florada por pouco mais de duas semanas, a floração dos ipês permanece por um período bem maior, podendo chegar a seis meses de pura beleza pelas ruas de Petrópolis. Exemplares da espécie, que acabam se tornando um verdadeiro atrativo turístico da Cidade Imperial, já podem ser visto em seu desabrochar nas ruas do Imperador, da Imperatriz, próximo ao Palácio de Cristal, na Praça da Liberdade e em diversas vias do Centro Histórico – onde estima-se ter cerca de 70 ipês amarelos plantados - e por todo o município. Eles se juntam à charmosa paisagem de Petrópolis garantindo ao público – moradores e turistas – mais um atrativo inspirador para apreciar e registrar as obras de arte da natureza.

Segundo os especialistas, o florescer da espécie marca a despedida do inverno, começando entre o fim de agosto e início de setembro, de acordo com os fenômenos climáticos da região. E é o clima mais frio e seco que garantem às arvores uma floração ainda mais intensa e encantadora.

“O ipê prefere regiões mais frias, úmidas e de altitude. De preferência locais com temperatura entre 15ºC a 23ºC, no máximo. Durante o inverno eles não florescem, mas quanto mais frio e seco for o inverno, melhor será a floração dele. Mas é uma árvore encontrada em todas as regiões com clima tropical, subtropical e até no Serrado e em florestas de Araucária é possível encontrar o ipê. Eles gostam de solo úmido com drenagem lenta e uma terra boa de média fertilidade”, explica Ives Jaensch, biólogo da Secretaria de Meio Ambiente, contando que a coloração da folhagem pode ser variada, além da amarela, também nas cores roxo, branco e rosa.

Ainda de acordo com o biólogo, os cuidados com o ipê são necessários principalmente nas áreas urbanas como forma de prevenção.

“O ipê floresce naturalmente, mas como todo indivíduo arbóreo a copa se desenvolve muito. Nas florestas isso não é um problema. Mas, nas cidades costuma-se fazer a poda de manutenção, como se fosse um corte de cabelo. É recomendado cortar as pontas a fim de evitar que encostem em alguma fiação ou edificação”, observa o funcionário da Secretaria de Meio Ambiente.

Independente do tamanho ou cor da folhagem, a verdade é que os ipês são um verdadeiro fenômeno da natureza com sua florada que precede à estação mais florida do ano. E em Petrópolis, os ipês amarelos tornam a cidade de Pedro ainda mais fascinante neste período.

Programação dos filmes em cartaz