Boa noite!           Sábado 29/02/2020   02:58
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Maioria das Denúncias de Maus-Tratos são resolvidas com Orientação
Maioria das Denúncias de Maus-Tratos são resolvidas com Orientação
Levantamento da Coordenadoria de Bem-estar Animal mostra que em mais de 90% dos casos a orientação resolve o problema
 
31/08/2017 - 17:49 - Um levantamento feito pela Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) mostra que em mais de 90% dos casos de denúncias por maus-tratos a orientação resolve os problemas. Em agosto, as equipes atenderam a 60 denúncias e em apenas quatro casos foi necessário a multa. Nesta quinta-feira (31.08) os fiscais atenderam a seis chamados e não houve a entrega de nenhuma notificação.

Segundo Elisabete Amorim, coordenadora da Cobea, isso mostra importância de um trabalho de educação ambiental no município. Ela também lembra que em caso de multa, as equipes acompanham os casos para garantir o cuidado adequado ao animal. “Na maioria dos casos a população não sabe que está cometendo um crime. Por isso, antes de aplicar qualquer multa, buscamos o diálogo. Ficamos muito satisfeitos em ter um bom resultado com o trabalho de orientação realizado pelas nossas equipes”, afirma.

O veterinário da Secretaria de Meio Ambiente, Vitor Natan, acompanha a equipe durante as fiscalizações. Ele destaca que a maioria dos casos são simples de resolver, sem ter a necessidade de multar o dono do animal.

“Por lei, o maus-tratos fica configurado quando os animais sofrem ações diretas ou indiretas capazes de provocar privação das necessidades básicas. Pode ser desde o abandono até mesmo a agressões. Na maioria dos casos, o dono não faz a higienização dos recipientes de comida ou o animal não tem um abrigo para ficar caso esteja chovendo. Coisas básicas que são resolvidas com a orientação”, explica.

Para denunciar os maus-tratos a animais, qualquer pessoa pode fazer um Boletim de Ocorrência (BO) junto à delegacia mais próxima. O responsável deve ser identificado e seu endereço registrado. Outra maneira de denunciar é encaminhar o caso a Cobea pelo telefone: 2233-8180.

“Contamos com o apoio da população nestes casos. É importante a atuação em conjunto com os moradores, que podem denunciar sem ser necessária a identificação”, considera o secretário de Meio Ambiente, Fred Procópio. 
 
Programação dos filmes em cartaz