Boa tarde!           Domingo 29/03/2020   12:44
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Dança > Dançar por Dançar 2017: Festival deve reunir 2 mil bailarinos e dançarinos em Petrópolis
Dançar por Dançar 2017: Festival deve reunir 2 mil bailarinos e dançarinos em Petrópolis
Com apoio do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, evento vai acontecer de 10 a 13 de agosto no Theatro D. Pedro
 
19/07/2017 - 18:13 - Cerca de dois mil bailarinos e dançarinos de Petrópolis e convidados de outras cidades prometem encantar o público no Dançar por Dançar 2017. Com apoio do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, a 12ª edição do festival vai acontecer entre os dias 10 e 13 de agosto no Theatro D. Pedro. Nesta quarta-feira (19.07), representantes do segmento da dança – que organizam o festival – apresentaram a programação do evento ao diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo. Na programação, além das mostras livres e competitivas, também serão realizados workshop, o Fórum Regional da Região Serrana do Segmento da Dança e uma batalha de Hip Hop.
 
“Petrópolis tem sua formação cultural baseada na diversidade e a dança é um dos segmentos que compõem esse rico cenário artístico que temos na cidade. É um segmento eclético, atuante e com tradição, que tem no festival seu principal evento em Petrópolis. É o momento em que as academias e grupos da cidade se reúnem para mostrar seu trabalho, no mesmo palco, o que proporciona o intercâmbio entre elas e os grupos de fora da cidade, que são convidados. E o público sai ganhando com uma programação de qualidade”, comenta o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo.  
 
O Dançar por Dançar foi criado em 1987, pela Associação Petropolitana da Dança (APD), para promover principalmente o intercâmbio entre academias e companhias de dança de Petrópolis com renomados grupos de outras cidades. A ideia é trocar experiências entre as academias, que garantiam programação ao público, nas primeiras edições, em um mês de festival. Mais de 20 mil bailarinos e dançarinos já passaram pelas 11 edições do festival, atraindo público de mais de 100 mil pessoas.
 
Com o passar dos anos, o festival teve algumas interrupções nas edições, mas mantendo sempre o objetivo de prestigiar o segmento da dança – que em Petrópolis envolve mais de 12 mil bailarinos, dançarinos e profissionais de 80 academias e grupos independentes. Para esta 12ª edição, serão apresentados trabalhos de sete modalidades da dança: ballet clássico, jazz, contemporâneo, dança do ventre, estilo livre, danças urbanas e dança de salão.
 
“Esse é o principal evento do segmento da dança, recebendo grandes academias e grupos convidados de outras cidades. E fomenta a dança na nossa cidade”, destacou Wanderléya de Oliveira, titular do segmento de dança do Conselho Municipal de Cultura, que organiza o festival.
Programação dos filmes em cartaz