Boa tarde!           Quarta 23/09/2020   16:18
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Meio Ambiente > Defesa Civil recebe Moradores de Áreas com Alto Risco de Incêndios Florestais
Defesa Civil recebe Moradores de Áreas com Alto Risco de Incêndios Florestais
Reunião vai discutir ações em conjunto que possam coibir as queimadas durante o período de estiagem
 
29/05/2017 - 18:48 - Nesta terça-feira (30.05) será realizada a primeira reunião entre os agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias e os presidentes das associações de moradores que vivem em áreas com alto risco de incêndios florestais. O objetivo do encontro é discutir ações em conjunto que possam coibir as queimadas durante o período de estiagem, que vai de junho até setembro. Em apenas seis dias sem chuva no município, dois pequenos focos de incêndio foram registrados na região do Carangola - uma das que tiveram lideranças convidadas a participar da conversa.

O debate faz parte das ações de planejamento do Plano Inverno, que tem o objetivo de organizar o combate aos incêndios florestais na cidade.  

“Esse encontro é fundamental dentro das ações do Plano Inverno. Precisamos do apoio destes moradores, que vivem em áreas com risco de incêndio florestal. Estamos fazendo um levantamento sobre as regiões mais atingidas neste período. Acredito que a população possa ajudar com as denúncias contra os grupos de baloeiros e também de quem faz a queimada de lixo ou para limpeza de terrenos – atividades que potencializam as queimadas durante a estiagem”, explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz. 

O comandante do 15° Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) de Petrópolis, Agostinho Sequeira, frisa que a população precisa ajudar as autoridades. Para ele, esse encontro será importante para que os moradores tenham a consciência dos riscos das queimadas.

“Neste fim de semana registramos pequenos focos no Carangola. É importante que os moradores tenham a consciência do risco que é fazer uma queimada para limpar o terreno, por exemplo, pois o fogo se propaga facilmente com a vegetação seca e o vento - características comuns durante o período de estiagem. O apoio da população é determinante para a diminuir o número de incêndios florestais”, disse Agostinho.

O Plano Inverno é um trabalho em conjunto com o Ministério Público, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Exército, Aeronáutica, Cruz Vermelha, SAMU, órgãos ambientais e todos os setores da Prefeitura.

“Cada órgão vai assumir as suas responsabilidades em um momento de crise. Esse trabalho de prevenção é fundamental para Petrópolis”, destaca o secretário de Defesa Civil. O Plano de Inverno será apresentado no dia 20 de junho, data em que começa o inverno. A apresentação será feita na Casa dos Conselhos, na Avenida Koeler, 260 – Centro, às 14h.
Programação dos filmes em cartaz