Boa noite!           Domingo 25/06/2017   00:41
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Guarda Civil fará Patrulhamento Escolar Integrado com a PM
Guarda Civil fará Patrulhamento Escolar Integrado com a PM
Operação terá início quinta-feira (20.04), passando por três escolas da região do Quitandinha

Comandante da corporação, Jeferson Calomeni, vai expandir ações integradas com o novo comandante da Polícia Militar em Petrópolis

19/04/2017 - 18:51 - A Guarda Civil e a Polícia Militar vão expandir a atuação em Petrópolis. A maior integração já começará a ser vista nesta quinta-feira (20.04), quando as duas forças de segurança iniciarão o Patrulhamento Escolar Integrado, com foco na proteção dos colégios do município. A operação terá o primeiro passo cobrindo a escolas que ficam na região de Quitandinha, mas depois vai ser ampliado em toda cidade.

As duas forças de segurança vão montar um cronograma para que a Ronda Escolar, realizado pela Guarda, e o Patrulhamento Motorizado Especial Escolar (Pamesp Escolar),da PM, aconteçam conjuntamente nos locais com maior índice de ocorrências de problemas dos estudantes com funcionários dentro ou no entorno da escola. Nesta quinta, o Patrulhamento Escolar Integrado vai passar pelas escolas municipais Jamil Sabrá, Professora Hermínia Mateus e Papa João Paulo II.

“Nós já estamos trabalhando junto com a PM, fazemos o choque de ordem, por exemplo, ao lado deles. Queremos que essa proximidade seja ainda maior justamente para oferecer mais segurança para a população. Estamos conversando com o novo comandante da PM nesse sentido”, disse o comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni.

A Ronda Escolar foi reativada em fevereiro, depois da Secretaria de Educação reformar os carros que atendem o serviço realizado pela Guarda. Até março, foram feitas 194 visitas a escolas e atendidas 40 ocorrências, principalmente casos de consumo de drogas e agressão a funcionários. O serviço foi reforçado este mês, com a chegada de mais um carro, que vai atender a região de Itaipava, e o aumento do efetivo de 10 para 24 homens.

Já a Pamesp Escolar é realizada com um carro e dois policiais e é focado principalmente na prevenção. A integração desses dois serviços é um pedido apresentado pelos membros do Conselho Comunitário de Segurança Escolar.

“Nós sabemos que a Polícia Militar tem recursos escassos, assim como a Guarda. Então, unindo as duas estruturas, podemos fazer um trabalho melhor e mais efetivo. Esperamos que esse trabalho conjunto possa nos ajudar a impulsionar o crescimento do efetivo que atua nesse serviço”, afirmou o major Isaías Soares.
Spa Serra Morena