Boa tarde!           Sábado 21/10/2017   13:53
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Notícias > Projeto para revitalização do Hortomercado Municipal em Itaipava
Projeto para revitalização do Hortomercado Municipal em Itaipava
Estudo foi feito pelos arquitetos Mauro Otero e Pedro Quintanilha
 
18/04/2017 - 17:25 - Melhorar o fluxo dos visitantes dentro do horto. Essa foi uma das intenções que levaram os arquitetos Mauro Otero e Pedro Quintanilha a formular um projeto de revitalização do Hortomercado Municipal José Carneiro Dias a partir de pequenas intervenções. O projeto foi apresentado para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini e para o diretor do departamento de Agricultura, Celso Albuquerque.
 
O projeto-conceito foi encaminhado para o Departamento de Urbanismo (Deurb) da prefeitura para que as adaptações necessárias sejam feitas de acordo com a planta original do prédio.
 
“Após esse processo vamos levantar os orçamentos, buscar parcerias e levantar os recursos necessários para a revitalização. Em breve estaremos submetendo o projeto para apreciação dos produtores do hortomercado. O projeto do Mauro foi muito bem elaborado e muda mesmo a realidade do horto”, disse Marcelo Fiorini.
 
O secretário afirmou ainda que a parte elétrica do espaço terá que ser refeita. “Encontramos a rede muito comprometida, com vários problemas. Estamos pedindo ao departamento de iluminação pública que dê uma atenção especial ao caso para refazermos toda a instalação, inclusive separando os relógios. Atualmente ,a conta é paga toda junta e isso causa uma distorção muito grande porque alguns produtores consomem mais energia do que outros. Dessa forma a cobrança será mais justa”.
 
De acordo com Mauro, as modificações foram pensadas para melhorar a circulação das pessoas dentro do horto, fazendo com que a visibilidade de cada barraca seja igualitária.
 
“Somos empresários da região e frequentamos o horto. O estudo foi feito a partir da observação de que algumas modificações poderiam ajudar na visibilidade de algumas barracas, melhorando a circulação das pessoas. Pensamos também em uma varanda na parte da frente, um deque, flores na parte de fora, cantinho das crianças com parquinho. Mudanças visualmente bonitas que atraem os visitantes e proporcionam mais conforto para os próprios produtores. Logicamente tudo ainda deve ser conversado com os utilizadores do local”, explicou Mauro.
 
A construção de uma sala com equipamentos gourmet também foi planejada. “Seria um espaço para aulas de culinária, palestras. São intervenções pequenas que não necessitam de grande investimento. Alguns pontos podem ser patrocinados por empresas. Tudo foi pensado para deixar o local mais charmoso. A tendência de uso desses espaços pode ser observada em mercados que funcionam em outras cidades, como em São Paulo, por exemplo. Como usuário do horto percebo que essas mudanças seriam positivas. Conheço vários mercados fora do país que seguem essa tendência. Essas modificações se tornam atraentes para os visitantes. Queremos colaborar com a comunidade”, acrescentou.
 
O projeto foi feito há dois anos, mas, só agora recebeu atenção do poder público. “Temos que aprofundar o projeto, conversar sobre as parcerias. Estamos à disposição da Prefeitura para conversar mais sobre o assunto”, finalizou Mauro.
Spa Serra Morena