Boa tarde!           Terça 30/11/2021   12:27
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Defesa Civil registra menos Ocorrências em Fevereiro
Defesa Civil registra menos Ocorrências em Fevereiro
Índices pluviométricos caíram pela metade no segundo mês do ano

02/03/2017 - 16:39 - De acordo com as informações provenientes da Secretaria de Defesa Civil, o mês de fevereiro foi bem menos chuvoso que o mês de janeiro. O número de ocorrências também caiu; foram 158, enquanto no primeiro mês do ano chegou a 174. Segundo dados do Sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), na Rua 24 de Maio choveu 154 milímetros em fevereiro, enquanto em janeiro os números alcançaram os 327 milímetros.

Neste mês a maioria das ocorrências atendidas pelos agentes teve como foco a realização de vistorias preventivas. Apenas uma residência foi interditada, no bairro Floresta, ao lado do terreno de uma casa que desabou em janeiro.
 
O Climatempo emitiu um alerta com a possibilidade de chuva forte para a Região Serrana até o próximo dia 10. Segundo os dados do instituto de meteorologia, esse mês deve ser mais chuvoso que fevereiro. Paulo Renato Vaz destacou que a atenção para o mês de março deve ser redobrada, por causa do histórico desse período.
 
“Fevereiro apresentou um índice menor de precipitações, menos da metade quando comparamos com os números de janeiro deste ano. Foi um mês mais tranquilo. Fizemos um levantamento histórico que aponta março mais chuvoso. Em 2013, por exemplo, houve uma tragédia durante essa época. Estamos muito atentos e prontos no caso de algum chamado emergencial”, disse o coronel Paulo Renato Vaz, secretário de Defesa Civil.
 
Ele também destaca que, mesmo após o fim do verão, o ritmo de ações preventivas continua a ocorrer. “Vamos começar o mês de abril também em ritmo de alerta, Mesmo sendo um mês com características de menor precipitação, vamos manter as equipes em permanente estado de alerta”, completou.
 
Campanha “Xô Mosquito” atingiu mais de oito mil imóveis
 
A campanha ‘Xô Mosquito’, criada pela Secretaria de Saúde em parceria com a Defesa Civil, já vistoriou mais de oito mil imóveis, com a identificação de 258 possíveis focos de dengue. As equipes atuaram também em 53 Centros de Educação Infantil (CEIs), chegando a duas mil e quinhentas pessoas, entre alunos, pais e professores. Na sexta-feira de Carnaval (24.02), teve o bloco da campanha na Praça Dom Pedro, que reuniu cerca de 500 ‘foliões’. Os trabalhos seguem até o dia 14 de março.
 
“A campanha foi o grande marco de fevereiro, já que estamos atuando de forma preventiva em toda a cidade”, afirmou o Paulo Renato. “Nossas equipes atuam até o dia 14 de março nos CEIs e nos bairros da cidade. Esperamos terminar o verão como foi fevereiro, com saldo positivo”, completou.
Programação dos filmes em cartaz