Boa noite!           Quinta 02/12/2021   03:07
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Saúde > Prefeitura paga Salários de Novembro dos Funcionários das UPAS
Prefeitura paga Salários de Novembro dos Funcionários das UPAS
16/12/2015 - 19:47 - A Prefeitura liberou nesta quarta-feira (16/12) o pagamento dos salários do mês de novembro dos funcionários das Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) Centro e Cascatinha. O repasse à Cruz Vermelha foi garantido, apesar de o governo do Estado do Rio de Janeiro mais uma vez não repassar os valores de custeio das unidades. Com isso, a dívida do Estado com o município já ultrapassa R$ 6 milhões. O pagamento dos salários foi anunciado durante reunião ordinária do Conselho Municipal de Saúde (Comsaúde) realizada na última terça-feira (15/12).

“Aguardamos até o dia 15 o repasse. Como não aconteceu, estamos mais uma vez arcando com a responsabilidade que é do governo do Estado. É importante dizer que estamos recorrendo à justiça para que o Estado cumpra com sua obrigação e regularize os repasses, quitando a dívida com o município. Temos responsabilidade com as UPAS e não estamos medindo esforços para mantê-las em pleno funcionamento, atendendo a população”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Durante a reunião do conselho também foi apresentado o novo secretário de Saúde Marcus Curvelo, que falou sobre a criação de um grupo de trabalho na Secretaria de Saúde para elaborar um plano de reestruturação da rede de urgência e emergência. “Esse documento tem como principal finalidade a manutenção dos atendidos dessas unidades e também das outras portas de entrada da rede”, disse o secretário.

A reunião do Comsaúde foi presidida pela nova presidente do conselho, a secretária de Controle Interno Rosângela Stumpf. “Devido ao regimento interno do conselho, o secretário de Saúde não pode presidir o conselho, por isso a mudança”, explicou Marcus Curvello, acrescentando que os conselheiros entendem e apoiam a reestruturação da rede de urgência e emergência. “O governo do Estado abandonou as UPAS, o que causou grande desequilíbrio financeiro nas contas do município. Esse plano reequilibra as contas e, neste momento, é crucial para a manutenção das nossas unidades”, concluiu Marcus.

Programação dos filmes em cartaz