Boa tarde!           Sexta 20/09/2019   17:09
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home > Palestras e Workshops > Seminário discute o Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes
Seminário discute o Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes
10/06/2014 - 21:15 - Cerca de 300 profissionais das áreas da assistência, educação e saúde participaram do seminário organizado pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança (CMDCA) e do Adolescente para discutir o combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes. Durante a abertura do evento, o prefeito Rubens Bomtempo falou sobre o desafio do governo de criar um novo pacto social local para este enfrentamento.

“A intersetorialidade deve acontecer também nas periferias da cidade. Um novo pacto social local é a única saída para conseguirmos colocar esse assunto na pauta de discussão do dia a dia das comunidades. Não podemos fechar os olhos para esse problema e precisamos agir com firmeza para mudarmos a realidade dessas crianças e adolescentes”, disse o prefeito, ao agradecer e elogiar o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo CMDCA.

A presidente do CMDCA, Luciane Bomtempo anunciou que o conselho vai encaminhar ao prefeito uma sugestão de projeto de lei para incluir em toda propaganda da Prefeitura o selo da campanha Municipal de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes: “Desta forma as pessoas vão lembrar todos os dias que esse é um problema real e que deve ser combatido e denunciado”. Luciane lembrou, ainda, que, em Petrópolis, todo dia 18 será dia de combater o abuso e a exploração sexual contra crianças e adolescentes.

“Precisamos desenvolver políticas públicas para o setor e criar uma rede de proteção e atendimento desses casos utilizando o Creas, uma estrutura já existente, como ponto de partida. Vamos perseguir um ideal e garantir uma nova vida para quem sofre esse tipo de violência. Para isso as pessoas precisam se mobilizar e não podem ter medo de denunciar”, ressaltou Luciane.

O evento aconteceu no último final de semana no auditório da Faculdade Arthur Sá Earp (Fase) e contou com palestras, debates e roda de conversa. Entre os convidados estavam presentes a médica neuropediatra e homeopata, Ana Galheigo, que falou sobre o conceito de abuso infantil; a gerente do Programa de Atenção à Criança Vítima de Maus Tratos da Fundação para a Infância e Adolescência (FIA), Rosemey Caetano, que apresentou as políticas de combate ao abuso contra crianças e adolescentes desenvolvidas pelo Estado; e ainda a juíza de Direito Titular da 4ª Vara de Órfãos e Sucessões, Andréa Pachá, que falou sobre as políticas
judiciárias de violência doméstica.

O seminário fez parte da programação da campanha municipal “Tenha Atitude – Não Feche os Olhos para esse Problema”, que tem como maior objetivo fazer com que a população denuncie todos os casos de violência contra a criança e o adolescente. “O número de casos em Petrópolis está aumentando cada vez mais. O importante é que as pessoas denunciem e que todos os profissionais que estão aqui possam levar a informação para dentro das escolas e comunidades onde atuam”, afirmou a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Fernanda Ferreira.

Também participaram da abertura do seminário o vereador Thiago Damaceno, a vice-presidente do CMDCA, Irmã Irma Guizo, a representante do Conselho Tutelar, Tatiana Damaceno e o coordenador de Projetos Especiais da Fase, Ricardo Tammela.
 
Programação dos filmes em cartaz